Pular para o conteúdo
Caminhos para a construção do Conhecimento Científico

Caminhos para a construção do Conhecimento Científico

Curiosidade, questionamento, experimentação: caminhos para a construção do Conhecimento Científico.

A cena é a seguinte: noite de Natal, troca de presentes. Thomas tem 4 anos e ganhou um carrinho que pediu o ano inteiro. Passada uma semana, os pais de Thomas o encontram concentradamente desmontando partes do carro, com tamanha curiosidade, que seus olhinhos brilham de alegria ao ver as peças internas do brinquedo: “É assim por dentro!”, exclama o menino enquanto mostra aos pais suas novas descobertas. Curiosidade, questionamento, experimentação, este é o caminho para a construção do Conhecimento Científico.

Este tipo de conhecimento surgiu da necessidade e anseio que o ser humano tem em saber como as coisas da natureza funcionam, não aceitando-as de forma passiva e sem questionamentos. O Conhecimento Científico está estreitamente relacionado à lógica e ao pensamento analítico.

Características do Conhecimento Científico:

I) Racional
II) Objetivo
III) Factual
IV) Analítico
V) Acumulativo

Noções básicas e diferenças entre Conhecimento Científico, Conhecimento Empírico e Conhecimento Filosófico

Conhecimento Científico: Fundamentado em observações e experimentações, que servem para atestar a veracidade ou falsidade de determinada teoria.
Conhecimento Empírico: Adquirido por meio de simples deduções e sem provas concretas, é um conhecimento falível e inexato. É o chamado conhecimento popular, e é o conhecimento que adquirimos através da observação e da interação do ser humano com o ambiente ao redor.
Conhecimento Filosófico: Surgiu a partir da capacidade do ser humano de refletir, principalmente sobre questões subjetivas, imateriais, conceitos e ideias. Como se trata de teorias que não podem ser testadas, ela não é verificável e portanto é infalível e exata.

Dica Educandário da Semana: Construa o Conhecimento Científico em família! Nosso cotidiano é uma fonte inesgotável de exemplos que podem ser trabalhados com viés científico.

Educar pessoas geniais não é uma tarefa de um dia, é uma convocação especial para a vida toda. Oferecer-lhes respostas às suas dúvidas e, sempre com carinho, participar de suas experimentações, instigar à pesquisa, promover o pensamento crítico e analítico, são papeis cardeais de pais e educadores. Os “por quês” são muito bem-vindos aqui no Educandário. Acreditamos que eles são os condutores dos grandes avanços para a humanidade.

Conheça a família Educandário, faça um tour pelo nosso site e venha nos visitar: https://siteeducandario.com.br/

E ah, o menino ali da história, é Thomas Edison, empresário, cientista e inventor da lâmpada elétrica incandescente, entre outras inúmeras invenções.

[supsystic-social-sharing id="1"]
Incentive seu filho a Empreender

Incentive seu filho a Empreender

Pedagogia Empreendedora, uma filosofia para toda vida

Por definição, a palavra Empreender significa colocar em desenvolvimento, executar, realizar. Como um verbo transitivo direto, necessita um complemento para construir o sentido da frase que se torna incompleta sem este objeto. Assim é no dicionário e em nossa vida também: precisamos traduzir nossos pensamentos em ações e para fazê-lo, é fundamental buscar e fortalecer os diversos complementos que vão dar sentido à nossa meta, o grande objetivo.
Percorrer o caminho deste modo é mais valioso se desde a infância o indivíduo for conduzido pela filosofia de descoberta e desenvolvimento de seus próprios talentos. Lembre-se que empreender transcende o sucesso financeiro, o principal firmamento dele é aperfeiçoar-se para alcançar um sonho e deixar algo positivo para o mundo. Nesse aspecto a escola atua como agente transformador, bem como os pais, familiares, mestres e outros modelos que incentivam e influenciam a criança em sua busca individual.

Incentive sempre!
Crie bons hábitos, crie pessoas geniais

15 atitudes para ensinar e aplicar o empreendedorismo a crianças e jovens

[+] Ensine a construir coisas utilizando a criatividade.

[+] Incentive a doação de roupas e brinquedos desde cedo.

[+] “Coloque suas as palavras para andar”, antiga citação de indígenas norte-americanos.

[+] Ser um sonhador realista.

[+] Ter criatividade, iniciativa e autoconfiança.

[+] Saber trabalhar sozinho e liderar.

[+] Transmita a humildade. Prepotência e arrogância não levam a lugar nenhum.

[+] Ao invés de comprar o que eles querem, estimule-os a trabalhar para conquistar aquilo.

[+] Incentive a produzir alguma coisa e vender no condomínio, escola.

[+] Mostre que conseguir dinheiro com o próprio esforço e honestidade é incrível!

[+] Jamais diga que não vão conseguir.

[+] Aceitar, aprender com os erros e feedbacks de indivíduos mais experientes.

[+] Ouça com carinho seus planos e aspirações.

[+] Perseverar e ser intuitivo.

[+] Fixar metas e ter comprometimento com cada tarefa.

E como incentivar o futuro deles no ambiente escolar?

. Feiras
. Exposições de trabalhos
. Trabalhos interdisciplinares
. Projeto Extra

Aqui no Educandário, acreditamos em uma teoria sócio-construtivista, em que a evolução intelectual, propiciada pela mudança de um nível de conhecimento para outro, só ocorre através do processo de relação do indivíduo com seu ambiente sócio-cultural e com a ajuda de outros indivíduos mais experientes.

Neste ano completamos duas décadas do Projeto Extra, criado para cumprir com as necessidades de nossos alunos, pais e comunidade e gerar uma integração ainda maior, além de descobrir e desenvolver talentos.
Conheça nossa grade de cursos, fale conosco: https://siteeducandario.com.br/a-escola/

[supsystic-social-sharing id="1"]
A Alfabetização na Era Digital

A Alfabetização na Era Digital

Historicamente, é considerado alfabetizado o indivíduo que codifica e decodifica símbolos (ler e escrever), sem importar se o sentido expresso foi compreendido. O analfabetismo ainda é uma presença cinza no Brasil, posicionando-o longe de metodologias mais avançadas já existentes há décadas em países desenvolvidos. O crescimento exponencial e domínio das info-cogno tecnologias, ou seja, as tecnologias da informação e do conhecimento nestes países têm possibilitado a discussão e familiarização do tema no cotidiano escolar.

A alfabetização digital é um dos principais processos que tornam as pessoas capazes de utilizar procedimentos adequados que lhes permitem lidar criticamente com o conteúdo, o formato e a função de diferentes fontes de conhecimento, aplicando esse conhecimento para apurar sua vida pessoal, familiar, social e profissional. “A alfabetização digital tem a ver com a dominação do mundo das ideias, e não das teclas”, enfatiza Javier Sanz-Valero, professor espanhol. A participação e inclusão efetivas, permitem que os indivíduos não só utilizem as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), mas também saibam prover serviços, informações e conhecimentos próprios repartidos com o restante do mundo.

As mudanças que a digitalização e a convergência dos meios de comunicação vêm ocasionando na forma de educar possibilitam o nascimento de uma nova alfabetização que integra e convida as crianças a participar, questionar, produzir, decidir e transformar, como peças basilares da dinâmica social, em todas as suas instâncias.

NA MEDIDA CERTA

Não é estacionar a criança em frente a um computador (ou qualquer outro dispositivo) e deixá-la sozinha, é fazê-la entender que as TIC são ferramentas que corroboram o conhecimento, e que este, por sua vez, faz parte de um processo interminável que é o desenvolvimento cognitivo, com suas etapas mais importantes construídas até o fim da adolescência.

UMA ANALOGIA PARA APREENDER MELHOR O ASSUNTO

Imagine uma receita, doce ou salgada. O melhor sabor é aquele balanceado, onde todos os ingredientes podem ser sentidos sem que o açúcar nem o sal se sobressaia, certo? A participação da criança e do jovem no mundo digital X real também deve ser assim. O equilíbrio entre ambos é o que garante o desenvolvimento coletivo saudável.
Então é necessário alargar o nível de alfabetização digital no Brasil? Sim, com esta condição aumentaremos o grau de penetração das novas tecnologias em nossa sociedade, preparando-nos para estar entre os países que liderarão a próxima geração mundial, bem como é imprescindível não perder o hábito de ler livros, estar entre a família, a natureza e explorar o mundo fora das telas. A Educandário é assim: um ambiente criativo que valoriza cada integrante da nossa família, preparando-os para desbravar estes dois universos (e quantos mais existirem).

Conheça tudo o que a Educandário pode oferecer para o futuro dos seus filhos: https://siteeducandario.com.br/aqui-tem/

[supsystic-social-sharing id="1"]
6 programas educacionais para fazer nas férias

6 programas educacionais para fazer nas férias

Está aberta a temporada de FÉRIAS!

Aproveite as próximas semanas livres com as crianças e visite lugares preciosos em São Paulo. Aqui em nosso Blog, listamos 6 programas para descobrir e explorar o mundo, as emoções, a natureza, a literatura e a tecnologia em família. Vamos lá:

1) TEATRO FOLHA
Consagrado como um dos mais sofisticados espaços culturais da cidade, o Teatro Folha organiza o 28º Festival de Férias, de 06 de janeiro a 02 de fevereiro de 2018, com apresentações de espetáculos diferentes todos os dias da semana.
Onde: Avenida Higienópolis, 618 | No terraço do Shopping Pátio Higienópolis / São Paulo
Site: https://goo.gl/f9SQyB

2) PLANETÁRIO DO IBIRAPUERA
Planetário Aristóteles Orsini foi o primeiro planetário do Brasil, inaugurado em janeiro de 1957. Nos meses de férias, as sessões abertas ao público ocorrerão às sextas-feiras, sábados, domingos e feriados.
Onde: Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 3 – Vila Mariana / São Paulo
Site: https://goo.gl/VqFBND

3) MUSEU CATAVENTO CULTURAL
O Museu Catavento tem sido um fenômeno de público, criado com a vocação de ser um espaço interativo que apresente a ciência de forma instigante para crianças, jovens e adultos, desde sua inauguração em 2009.
Onde: Avenida Mercúrio, s/n, Pq. Dom Pedro II – Brás / São Paulo
Site: https://goo.gl/TPx8me

4) MUNDOMAKER
Um espaço de aprendizagem criativa dentro do Shopping Morumbi Town que envolvem técnicas, o fazer com as próprias mãos e a utilização de tecnologias digitais, como programação, eletrônica e robótica.
Onde: Avenida Giovanni Gronchi, 5930, Vila Andrade | Subsolo do Shopping Morumbi Town / São Paulo
Site: https://goo.gl/e37p5E

5) BORBOLETÁRIO ÁGUIAS DA SERRA
O Borboletário Águias da Serra foi inaugurado em 2015, é o primeiro da cidade e o maior borboletário privado do país. O parque está localizado dentro do novo Polo de Ecoturismo de São Paulo, em uma área de proteção ambiental do Parque Estadual da Serra do Mar.
Onde: Estrada da Ponte Alta, 4300, Marsilac / São Paulo
Site: https://goo.gl/HSLjrY

6) HORTA DAS CORUJAS
A Horta das Corujas é uma horta comunitária experimental localizada numa praça pública no meio da cidade de São Paulo. A proposta é criar um espaço de convívio social e de educação ambiental. Nela os voluntários cultivam, aprendem a cultivar e ensinam a cultivar.
Onde: Praça das Corujas (Praça Dolores Ibarruri) | Avenida das Corujas, esquina com a rua Rua Paschoal Vita. Vila Beatriz, São Paulo
Site: https://goo.gl/nE3qXv

Curtiu as sugestões? A gente garante que todos de casa vão adorar. Programe as férias e crie memórias impagáveis com eles. Aproveitem bastante o descanso, nos vemos no próximo ano!

[supsystic-social-sharing id="1"]
  • Página 1 de 3
  • 1
  • 2
  • 3

Faça um TOUR 360º

Faça um TOUR 360º Clique aqui